Envelhecer Sorrindo 2018

Há 12 anos, o Cepeusp apóia o programa Envelhecer Sorrindo, criado pelo Departamento de Prótese da FOUSP e que tem a participação do PROTER, do Instituto de Psiquiatria da FMUSP.

O programa Envelhecer Sorrindo teve inicio em 1999 – Ano Internacional do Idoso – quando a Organização Mundial da Saúde pretendia chamar a atenção para o envelhecimento populacional.  A receptividade foi tamanha que dois meses depois foi realizado mais um evento, afirma a professora Malu Figueiredo, coordenadora do programa.

O interesse decorria das informações que foram apresentadas, as quais acenavam com a possibilidade de escolha do tipo de envelhecimento a ser vivenciado; ou seja, cuidar da saúde valeria a pena porque permitiria viver essa etapa da vida com possibilidades proporcionais a reserva funcional de cada um. A qualidade de vida depende em grande parte da autonomia e da independência conquistadas.

Em 2006, o Envelhecer Sorrindo, o CEPEUSP e o PROTER (Programa da Terceira Idade do Instituto de Psiquiatria da Faculdade de Medicina) realizaram a VIII Jornada no CEPEUSP, com um público de 300 participantes. Foi a primeira experiência juntos. Para Malu, o  dia foi muito agradável, foram oferecidas palestras no período da manhã e, à tarde, 4 estações: relaxamento, alongamento, yoga além de danças circulares.

Doze anos depois – 2018 – repetiu-se a parceria: o Envelhecer Sorrindo cuidou das palestras e o CEPEUSP das atividades físicas – aeróbica musical e yoga.

Segundo o professor José Astrauskas, cada ano há atividades práticas diferentes. Este ano, além da tradicional aula de ginástica com música, teve  yoga com o professor Danilo.

IMG-20181204-WA0045   IMG-20181205-WA0007

ENV SORRIDO

IMG-20181205-WA0052

Com a colaboração da professora Malu Figueiredo.

Acesse o Sistema CEPEUSP
CEPEUSP - 50 anos