Mais Saúde Dicas: A importância da água II

Será que existe uma recomendação fixa de ingestão de água?
Descubra nesta dica da nutricionista Patricia Peres

Em dica anterior, falamos sobre a importância da água. Será que existe uma recomendação fixa sobre a quantidade necessária de ingestão?

Imagem: Pixabay

Vale lembrar que alguns fatores interferem na quantidade diária recomendada.

Entre eles, destacamos:
– Idade;
– Peso corporal;
– Clima;
– Prática de atividade física (e diferenças entre as modalidades e nível de atividade física)
– Metabolismo;
– Condições gerais de saúde, como também grau de funcionamento dos rins.

Utilizamos e excretamos água em vários processos que ocorrem em nossos corpos durante o dia:
respiração, transpiração, metabolismo, digestão, excreção.

Imagem: Pixabay

Em geral, para a maioria dos adultos, o consumo em torno de 2 a 3 litros de água por dia é suficiente, para outros, dependendo dessas variáveis acima citadas, pode ser necessário uma quantidade maior ou menor.
Ex: atletas de alta performance, maior necessidade de hidratação; em doenças renais crônicas ou insuficiência cardíaca, quantidades restritas ou controladas.


No caso de idosos e crianças, não devem esperar sentir sede, mas procurar hidratar-se frequentemente, já que facilmente podem desidratar-se.


Portanto, consulte seu médico e/ ou nutricionista para que esta recomendação seja adequada às suas necessidades diárias.

Patrícia Peres
CRN 5119

Referências

  • Mahan LK, Escott-Stump S, Raymond JL. Krause: Alimentos Nutrição e Dietoterapia. 13º edição. Rio de Janeiro. Saunders – Elsevier. P 178-182; 2012.
  • Guia alimentar para a população brasileira [online] Ministério da Saúde. Brasília; 2014, disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/guia_alimentar_populacao_brasileira_2ed.pdf

Acesse o Sistema CEPEUSP
CEPEUSP - 50 anos