Mais Saúde: Fatores desencadeantes das alergias

Como identificar os fatores que causam sintomas e como evitá-los? Aqui, o professor Luzimar, um especialista no assunto, indica caminhos para melhorar a vida de quem convive com as alergias.

Alergias, assim como a asma, podem ser desencadeadas por diferentes mecanismo. Alguns deles provocam reações em todas as pessoas, porém nos alérgicos em maior intensidade.

Fatores irritantes

São substâncias que causam irritação nos brônquios, como os perfumes, fumaça de cigarro, poluição atmosférica, produtos de limpeza, tintas inseticidas e sprays.

Imagem: Pixabay / Devanath

Faça uma avaliação dos produtos usados na higiene pessoal e na limpeza da sua casa. Aqueles que podem causar algum tipo de irritação devem ser eliminados. Há produtos sem cheiros e portanto, menos irritantes para serem usados. Lembre-se de que a fumaça do cigarro espalha-se rapidamente. Não fume, ou deixe que fumem dentro da sua casa. Não exponha o asmático à fumaça do cigarro, seja em casa, no carro ou em outros ambientes fechados, como restaurantes.

Infecções por vírus (como gripes e resfriados).

As infecções virais são desencadeantes muito comuns da asma, especialmente em crianças e idosos. Algumas crianças apresentam uma crise asmática logo após uma infecção viral (desenvolvem um anticorpo-IGE antiviral durante essas infecções) crianças que tiveram bronquiolite apresentam uma alta incidência de asma na infância. Essa associação já mostra uma predisposição genética pra asma.

As infecções virais aumentam as respostas alérgicas das pessoas asmáticas. Certas viroses, que reconhecidamente agravam as crises asmáticas, provocam a liberação de substâncias (mediadores químicos) que estão associados a hiperreatividade brônquica.

Dessa forma, procure proteger-se destes males evitando locais muitos aglomerados e fechados. A ventilação do local deve ser boa para evitar o contágio. Evite aproximar-se de pessoas com gripe.

Outras infecções crônicas, como os sinusites, podem provocar crises.

Fatores alérgicos

São aqueles que causam alergias a algumas pessoas, tais como pó, mofo, pêlos, penas, alguns tipos de alimentos, substâncias corantes ou conservantes usados nos alimentos industrializados e em bebidas.

Muitas pessoas gostam de alimentos industrializados que contém aditivos químicos, tais como aromatizantes, flavorizantes e corantes. Estas substâncias também podem desencadear a crise de asma e não trazem vantagens à saúde.

Imagem: Pixabay / Tariq Abro

Sempre que for consumir algum produto industrializado, comida ou bebida, leia sua composição. É sempre preferível uma fruta a um pacote de salgadinhos, um copo de suco natural, feito na hora, a um refrigerante.

Fatores emocionais

Quando você fica ansioso, aflito, com raiva ou até alegre ou muito excitado dá a sensação de falta de ar ou ter qualquer sintoma de asma.

Embora não possa ser considerada uma “doença psicológica”, “doença nervosa” ou “doença emocional”, a asma está intimamente relacionada com os aspectos emocionais da pessoa. Dessa forma podem surgir crises nos momentos de estresse.

Por outro lado, as crises sucessivas de asma podem deixar a pessoa mais ansiosa, atuando sobre seu equilíbrio emocional.

Assim deve-se procurar compreender os sentimentos e situações de ansiedade. Conversar com a família, amigos e o médico. Procurar um acompanhamento profissional se houver necessidade.

Luzimar Teixeira

#semanamove

Acesse o Sistema CEPEUSP
CEPEUSP - 50 anos